23 de junho de 2021
Inicio Demais Editorias Brasil/Mundo A comédia nacional está de luto. Morreu Paulo Gustavo, o maior humorista...

A comédia nacional está de luto. Morreu Paulo Gustavo, o maior humorista em atividade no País

0
16

No Brasil, ninguém fez humor como Paulo Gustavo, que morreu ontem, terça-feira (4), aos 42 anos, vítima da covid-19. O ator conquistou o público brasileiro com seus textos e  personagens populares, capazes de divertir e despertar identificação em gente de todo tipo, classe social e ideologia.

Com piadas aceleradas e espontâneas, um humor muito físico e frases que todo brasileiro já ouviu no dia a dia, ele brilhou no papel de mulheres cômicas e fez até os surtos de mãe serem pop: todo o mundo ama Dona Herminia!

Paulo Gustavo é um caso raro de sucesso em todas as mídias e é dele o recorde de filme que mais faturou em bilheteria na história do cinema nacional. “Minha Mãe É uma Peça 3” levou mais de 11,5 milhões de espectadores às salas do país e rendeu mais de R$ 180 milhões. O número total da trilogia é ainda mais impressionante: a franquia vendeu mais de 25 milhões de ingressos e estava prestes a virar série de TV. Não à toa marcas (e até um banco) contrataram um homem vestido de mulher para expor seus produtos em propagandas.

O ARTISTA ESTAVA INTERNADO desde o dia 13 de março em um hospital no Rio de Janeiro. Dois dias antes, no entanto, Paulo Gustavo fez sua última postagem no Instagram parabenizando seu marido, Thales Bretas, que fazia aniversário, sem mencionar a doença. Os dois são pais de Romeo e Gael, de um ano e meio. 

No dia 25 de março, Paulo Gustavo teve que ser intubado. Já no dia 3 de abril, ele submetido a uma terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea) após ter uma piora no quadro. 


Depois de altos e baixos, na última segunda-feira (3), Paulo Gustavo teve uma piora no quadro clínico. Segundo boletim médico, o humorista teve “piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa”.

A carreira 

Apesar de ter sua carreira marcada pela personagem Dona Hermínia, o ator já fez de tudo um pouco no universo das artes, passando pela Globo, Record, cinema e teatro. Na televisão, ele atuou em grandes produções como em “Prova de Amor”, novela da Record; “A Diarista”, minissérie da Globo; o seriado “Sítio do Picapau Amarelo”; a minissérie “Casos e Acasos”; “Vai Que Cola”, do Multishow”, entre outros. 

No cinema, ele integrou projetos de grande destaque nacional, como “Xuxa e o Mistério de Feiurinha”, “Divã”, “A Guerra dos Rocha”, “Fala Sério, Mãe” e, claro, “Minha Mãe é Uma Peça” e suas sequências.

Por fim, no teatro, Paulo Gustavo teve uma passagem mais curta, atuando em “João Ternura”, “Surto”, “Infraturas”, “Hiperativo”, “Online” e seu grande sucesso “220 Volts”. 

Paulo Gustavo. Foto: Reprodução Instagram
Morre Paulo Gustavo aos 42 anos. Foto: Reprodução Instagram
Morre Paulo Gustavo aos 42 anos. Foto: Reprodução Instagram
Morre Paulo Gustavo aos 42 anos. Foto: Reprodução Instagram


CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here