Morre a cantora Vanusa, um dos ícones do movimento Jovem Guarda

0
168

Chegou ao fim neste domingo, uma história de sucesso, dor e muito sofrimento. A cantora Vanusa morreu neste domingo (8), aos 73 anos. Sua vida foi um desses enredos cheios de altos e baixos, seis casamentos conturbados, violência e dependência química. Dona de uma voz tão marcante quanto a sua cabeleira loira, Vanusa morreu na casa de repouso onde vivia há mais de dois anos, em Santos, no litoral de São Paulo.. 

Segundo a família, ela sofreu uma insuficiência respiratória durante a madrugada e faleceu. Vanusa teve uma carreira bem-sucedida e de respeito desde o início na Jovem Guarda, quando foi lançada por Eduardo Araújo, até a consagração como grande cantora romântica.

A saúde da artista se debilitou nos últimos anos, devido à depressão e a problemas causados pelo uso de medicamentos tarja preta em excesso, de acordo com a família. Um dos seus três filhos, Rafael Vannucci, diz que ela sofria também com um estágio avançado de uma demência semelhante ao mal de Alzheimer.

Vanusa chegou a ficar 32 dias internada recentemente por conta de uma pneumonia. Ela havia deixado o Complexo Hospitalar dos Estivadores há cerca de um mês, mas com a sua piora voltou a ser cuidada na casa de repouso onde faleceu. 

VANUSA SANTOS FLORES nasceu em Cruzeiro, interior de São Paulo, mas foi criada em Uberaba, Minas Gerais. Foi lá que, aos 16 anos, iniciou sua carreira no grupo Golden Lions. Depois de percorrer diversas cidades, acabou levada para a TV Excelsior, estreando na televisão nos anos 1960. Ela fez parte do humorístico Os Adoráveis Trapalhões.


Em seguida, participou de algumas edições do programa Jovem Guarda, da Record. Na década seguinte, Vanusa emplacou diversos sucessos musicais, como “Mudanças”, “Sonhos de um Palhaço” e “Paralelas”. Conquistou o Brasil com “Manhãs de Setembro”, de 1973, parceria com Mário Campanha. Uma particularidade da carreira da cantora: a única vez que a vinheta do programa Fantástico foi cantada, foi pela voz de Vanusa. No total foram 44 anos de carreira com mais de 20 álbuns lançados.

O Repórter RO presta homenagem a esta artista que marcou sua época com uma maiores cantoras de sua geração, reproduzindo a seguir o vídeo em que ela interpreta seu grande hit, “Manhãs de Setembro”. Pode curtir.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here