Lixeiras na frente de casas serão abolidas a partir de junho de 2020, diz prefeitura de Vilhena

0
28

A prefeitura de Vilhena recebeu do Governo Federal uma verba de quase R$ 4 milhões para a instalação de 1,5 mil contêineres, que substituirão as lixeiras convencionais que ficam na frente das casas dos moradores da cidade. O sistema é conhecido como Coleta Seletiva Mecanizada e está previsto para ser implantado em junho deste ano.

De acordo com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) os contêineres ficarão a cerca de 100 metros das residências. Em cada ponto haverá três deles, um para resíduos secos recicláveis, outro para resíduos compostáveis e um terceiro para rejeitos diversos.

Os contêineres, que são totalmente vedados, para evitar a proliferação e atração de insetos, roedores e mau cheiro, têm a capacidade de comportar até uma tonelada de lixo. A coleta será feita por caminhões especiais de forma totalmente mecânica.

Segundo a prefeitura, o projeto de Coleta Seletiva Mecanizada no município foi aprovado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) no dia 11 de dezembro. Foram disponibilizados R$ 2,9 milhões para os contêineres e R$ 900 mil para o veículo especializado, além de outros investimentos. A contrapartida do município é de R$ 45 mil.

Responsabilidade da comunidade

Moradores devem separar e descartar corretamente o lixo — Foto: Reprodução/EPTV

Quando instalados os contêineres, cada morador ficará responsável por separar dentro de casa os resíduos a serem depositados.

  • O contêiner de resíduos secos recicláveis é destinado a papel, plástico, vidro e metais em geral.
  • No contêiner de resíduos compostáveis orgânicos devem ser colocadas cascas de frutas, verduras, ovos, pó de café usados (incluindo filtros), restos de chás (incluindo saquinhos), ervas de chimarrão/tereré, e semelhantes.
  • No último contêiner vão rejeitos diversos como lixo do banheiro, lenços e fraldas descartáveis, alimentos, papéis engordurados e bitucas de cigarro.


CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here