Banco do Brasil fecha Superintendência em Rondônia e também agências

0
238

Em comunicado interno, que chegou ao conhecimento dos funcionários no início desta semana, o Banco do Brasil anunciou uma profunda reestruturação que causará forte impacto na presença da instituição bancária em Rondônia.

O comunicado informa que será feito um “redimensionamento de estruturas na sede, áreas de apoio e na rede; ajustes na abrangência de atuação de algumas superintendências de varejo; reclassificação de nível de agências; transformação de agências em postos de atendimento (PA)…”.

A mesma circular interna anuncia o fechamento imediato da Superintendência de Rondônia, que também abrange o Acre. O superintendente do Banco do Brasil em Rondônia e Acre, Gustavo Arruda, juntamente com a gerente da GEPES de Belém (PA), Ana Lúcia, se reuniu com dirigentes do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro (SEEB-RO) na última segunda-feira (29) na sede da SuperBB, em Porto Velho, para esclarecer as questões do novo plano de reestruturação do banco.

“Todos os funcionários da SuperBB em Rondônia vão ficar sem cargos, e vão ser obrigados a ser realocados para outras agências em outros municípios ou outros estados. Um prejuízo enorme para os trabalhadores, já que além de promover um impacto na vida desses trabalhadores, aqueles que não puderem se mudar para outros estados ficarão sem função, já que em Rondônia não encontrarão lotação”, deixou bem claro o presidente do SEEB, José Pinheiro.

“O Banco do Brasil em Rondônia já sofre bastante com a falta de empregados, pois comparando ao total de agências no Estado, existem mais de 100 claros, ou seja, aquelas vagas de trabalhadores que saíram e que não foram preenchidas. Isso afeta diretamente no atendimento e produz uma sobrecarga desumana de trabalho para os funcionários que permanecem”, frisa o dirigente.




CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here