Madeira chega a 16,07m hoje e prefeito Hildon decreta estado de alerta

0
24
EQUIPES DA DEFESA CIVIL SE DESLOCARAM NESTE SÁBADO (9) ATÉ O BECO DO BIRRO, NA ÁREA URBANA DA CAPITAL, PARA ORIENTAR E ALERTAR OS MORADORES

A Defesa Civil Municipal de Porto Velho continua visitando e alertando as famílias que residem em áreas de risco sobre a possibilidade de serem atingidas com a cheia do Rio Madeira. Na última quarta-feira (6) o prefeito Hildon Chaves (PSDB) decretou Estado de Alerta, após o nível do rio ultrapassar 14 metros. Nesta manhã de sábado (9) a cota do rio chegou a 16,07 metros. 

No decreto, o prefeito destaca a elevação do Madeira e o excesso de chuvas e diz que há necessidade sobre a medida para mobilização dos órgãos e entidades da administração pública municipal, “bem como a comunidade e as entidades responsáveis pelas ações de Defesa Civil, para que estejam organizados e alertas para atender eventuais ocorrências, com a finalidade de prevenir e minimizar danos, além de assistir à população afetada.”

Equipes da Defesa Civil se deslocaram neste sábado (9) até o Beco do Birro, na área urbana da Capital, para orientar e alertar os moradores, informando que o nível do Rio Madeira vai chegar a cota de 17,50 metros no dia 22 deste mês segundo informou o Sipam. “Nós estamos fazendo um trabalho preventivo e orientando a todos os moradores que residem em áreas de risco que saiam de suas casas com antecedência. Nossas equipes estão prontas para prestar todo apoio logístico às famílias que querem sair”, disse o coordenador da Defesa Civil, Marcelo Santos.

Cerca de 820 famílias que residem em áreas de risco nos bairros Balsa, Nacional, Beco do Gravatal, Beco da Rede, Beco do Birro, Candelária e Panair já receberam alertas sobre os riscos de permanecerem nos imóveis. “A água já chegou aos quintais dessas residências e por isso nós estamos retornando nesses locais para alertar mais uma vez essas famílias que o rio vai subir. No Beco do Gravatal, uma família pediu apoio para ser retirada ainda neste sábado”, informou Marcelo.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.