A conta da energia elétrica está 24,75% mais cara para o consumidor de baixa tensão, ou seja, em residências e comércios já para os de alta tensão o valor é maior 27% as indústrias, o que desde janeiro está causando revolta na população

Logo no inicio vários órgãos competentes aqui em Rondônia ajuizaram ação contra a Aneel, conseguiu liminar, mais em seguida a Aneel recorreu e derrubou, votou tudo novamente, o aumento abusivo, mais abusivo já que Rondônia tem 3 hidrelétricas gerando energia para outros estados  a busca pela redução continua

De acordo com Tomase as alegações da Aneel são infundadas, em outros estados a empresa está sendo acusado de cobrança indevida de energia elétrica


Na próxima sexta feira haverá uma reunião no MP segundo Gabriel Tomasete é importante que a população compareça para fortalecer ainda mais as ações



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

Ainda não há comentários, seja o primeiro.