Neste próximo domingo (19), os ji-paranaenses poderão adquirir bandas assadas de tambaqui que estarão sendo assadas na frente ao Ginásio Poliesportivo Gerivaldo José de Souza (Gerivaldão), no Primeiro Distrito.

Este é um dos eventos da  2ª edição o Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia, promovido pelo Governo de Rondônia e que tem por objetivo promover, divulgar e incentivar o consumo do tambaqui dentro e fora do Estado, além de abrir novos mercados e gerar novas oportunidades de negócios. Este festival estará ocorrendo  simultaneamente em 26 capitais brasileiras e também no Distrito Federal.

Aqui, mais de mil bandas de tambaqui serão assadas e comercializadas por R$ 20,00 cada. Outros 30 municípios rondonienses, inclusive Porto Velho, também oferecerão esta iguaria à sua população. Em todo o Estado cerca de 20 mil bandas do peixe nativo da região Amazônica deverão ser consumidas neste domingo.

Os tickets já estão à venda  e a distribuição será em caixinhas padronizadas de papelão e a entrega no formato drive thru. Os peixes para o festival foram doados por produtores, com tratamento em agroindústrias e frigoríficos. 

“Nosso objetivo aqui é comercializar todos os tickets do Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia nos municípios da região, a exemplo de Presidente Médici, Ji-Paraná, Teixeiropolis, Urupá, Mirante da Serra, Ouro Preto do Oeste, Jaru e Theobroma. Aqui em Ji-Paraná, os recursos arrecadados serão destinados a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae)”, detalhou o gerente da Emater, Gabriel Cordeiro.


“A piscicultura é muito importante para o Estado de Rondônia, principalmente para a agricultura familiar. Uma cadeia importantíssima para nossa economia em plena acessão no Estado”, explicou o gerente regional do Território Central da Emater, João Vilmar Rabel.

TERCEIRO DO BRASIL — Rondônia é o maior produtor de peixes nativos em cativeiro do Norte e o terceiro maior produtor do Brasil, atingindo uma produção média de 65.500 mil toneladas em 2020, de acordo com o anuário da Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR 2021). hoje o tambaqui representa 90% Da produção pesqueira, seguido da jatuarana 6% e do pintado e pirarucu 2%. Esse potencial é a clara demonstração, que a piscicultura está presente em muitas propriedades rurais em Rondônia, com um cenário promissor no agronegócio rondoniense.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here