1ª Vara do Trabalho de Ji-Paraná tem o melhor desempenho do Brasil

0
10

A Primeira Vara do Trabalho de Ji-Paraná, foi a primeira colocada, entre as 1.571 varas do trabalho avaliadas, como a Unidade Trabalhista com melhor desempenho no país, conforme o  Índice Nacional de Desempenho (iGest), divulgado pela Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho, no dia  25 de outubro. 

Também ficaram entre as 100 primeiras com melhor desempenho no país, a  2ª Vara do Trabalho de Ji-Paraná/RO (3ª), a Vara do Trabalho de Machadinho d’Oeste/RO (48ª ) e a Vara do Trabalho de Buritis/RO (70ª).

O titular da 1ª Vara do Trabalho de Ji-Paraná, juiz Carlos Antonio Chagas Junior, falou que os dados revelados refletem a dedicação e compromisso dos servidores e magistrados que atuam na Unidade. “Para chegar a esse patamar, atribuo ao desempenho e espírito de equipe dos servidores e magistrados que sempre estiveram preocupados com a prestação jurisdicional com efetividade“, ressaltou o juiz.

Sobre o Índice

O iGest, foi desenvolvido pela Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho e apresenta um referencial numérico que sintetiza os mesoindicadores: acervo, celeridade, produtividade, taxa de congestionamento e força de trabalho. 

Segundo a chefe do Núcleo de Estatísticas do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (TRT-RO/AC),  Alessandra Felizardo, os mesoindicadores são adotados em consonância com os objetivos judiciários do Plano Estratégico da Justiça do Trabalho 2015-2020 de assegurar a celeridade e a produtividade na prestação jurisdicional, estimular a conciliação e as soluções alternativas de conflito, bem ainda impulsionar as execuções trabalhistas e fiscais. “O que fez a  Unidade ser a melhor do país foi o bom desempenho em todos os mesoindicadores“, revelou Alessandra.

Os mesoindicadores são compostos por 13 indicadores construídos com base em 17 variáveis utilizando dados oficiais do Sistema e-Gestão dos últimos 12 meses anteriores a sua extração, referentes às varas do trabalho. Ao refletir o desempenho de cada vara do trabalho, o iGest busca auxiliar na melhoria da efetividade da prestação jurisdicional combinada à força de trabalho disponível, revelando-se, dessa forma, importante ferramenta de gestão.

Ainda não há comentários, seja o primeiro.