José k. C. (22) foi preso na tarde deste domingo (13) acusado de praticar fraude no concurso  Prestador Voluntário de Serviço Administrativo da Polícia Militar. O flagrante aconteceu na Escola Estadual Araújo Lima, localizada na Avenida 7 de Setembro, bairro Nova Porto Velho, na capital.

Com o suspeito foi apreendido um aparelho celular, além de 16 porções de substância entorpecente (LSD) .De acordo com informações da polícia, os candidatos foram avisados da proibição de entrar nas salas que estavam sendo aplicadas as provas com aparelho celular. 

No entanto, após um certo período, José foi visto por outros candidatos manuseando um celular, como se estivesse fotografando a prova e enviando para outra pessoa via redes sociais. O suspeito foi denunciado e abordado por um policial militar, que trabalhava como fiscal no concurso.
Questionado, José negou que estivesse fazendo imagens da prova, porém, recusou-se a desbloquear o aparelho e mostrar para a polícia.  Na busca pessoal, ainda foram encontrados 16 pedaços de entorpecente conhecido como ‘Doce’ (LSD).
 

Diante dos fatos, o candidato recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Central de Flagrantes. O telefone deverá passar por perícia.



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here