Militares fazem pesquisa para o Dnit na BR-364

Trabalho será realizado durante uma semana e nas 24 horas do dia por homens da Infantaria

0
184
O TRABALHO NÃO PARA E E REALIZADO TAMBÉM DURANTE A NOITE. MILITARES FORAM TREINADOS PARA A FUNÇÃO

Texto/Fotos: Marcos Lock

Motoristas e motociclistas estão sendo surpreendidos no posto da Polícia Federal em Ji-Paraná por integrantes do Exército Brasileiro. Ao receberem o aceno de um militar, todos ficam preocupados a priori, mas depois logo relaxam ao saber que trata-se apenas de uma pesquisa que está sendo realizada a pedido do Departamento de Infra-estrutura de Transporte (Dnit). O intuito do trabalho é levantar dados da trafegabilidade da BR-364 neste trecho da estrada, para alimentar um grande banco de dados do Governo Federal. O mesmo trabalho está sendo feito pelo Exército em várias estradas federais por todo o País.

Para tomar decisões sobre uma possível duplicação, privatização ou para medir que capacidade a rodovia pode suportar, são necessários dados precisos coletados de dia e à noite, de forma ininterrupta. Um trabalho intenso e um grande desafio que o governo federal atribuiu aos homens disciplinados e bem treinados do Exército.

Para esta operação foram destacados 23 soldados, cinco sargentos e um tenente, que vieram do 6º Batalhão de Infantaria da Selva, baseado em Guajará-Mirim. Eles ficam a postos em dois postos de Bloqueio e Controle de Estradas, montados nos dois lados da rodovia.

Parte desta equipe faz uma contagem simples dos veículos, separando-os por categoria. Outro contingente convida os motoristas a parar e a participar do levantamento. Uma vez de acordo, eles respondem a questões como sua procedência e seu destino, se usa rota a rota com frequência, renda do condutor, número de pessoas no veículo entre outras questões. Para os caminhões e ucarretas são dirigidas perguntas sobre a carga que está sendo transportada. Ônibus também são interceptados.


Segundo o tenente Marcus Aurélio Martins Souto, que é o comandante geral desta ação, passam por dia no Posto da Polícia Federal algo em torno de seis mil veículos. Destes, são abordados cerca de 400 pelo Exército. No final do dia um relatório minucioso é transmitido para a sede do Dnit no Rio de Janeiro, via internet. A operação, de acordo com o tenete Marcus Aurélio, segue até as 24 horas da próxima sexta-feira (7).

NO `POSTO DE BLOQUEIO É FEITA A CONTAGEM VOLUMÉTRICO-QUANTITATIVA DE VEÍCULOS


CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here