Uma reunião na manhã desta terça-feira (15), na Secretaria Municipal de Educação (Semed), entre representantes do Sesi/Senai e da Administração Municipal pode mudar a vida de muitos jovens em Ji-Paraná.

Sesi/Senai, Semed e Secretaria de Desenvolvimento e Assuntos Estratégicos (Semdae) firmaram uma parceria que disponibilizará vagas em dois cursos de qualificação técnica e em um curso de qualificação profissional básica do Programa de Aprendizagem Industrial Básica do Senai.

O secretário de Educação, Jeferson Lima Barbosa, a titular da Semdae, Penha Nardi, a gerente do Sesi/Senai, Cíntia Alves e a coordenadora de Educação do Sesi/Senai, Viviane Giupato discutiram as bases da parceria entre as entidades do Sistema S e a Prefeitura de Ji-Paraná.

A iniciativa vai se dar por meio de suas secretarias, que proporcionará aos jovens com idade entre 14 e 23 anos e 11 meses a participação nos cursos de Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Logística e Assistente de Controle de Qualidade.

De acordo com Cíntia Alves, ao todo as entidades do Sistema S ofertaram em Edital 420 vagas para os três cursos. Na primeira chamada, as vagas estavam disponíveis apenas às indústrias para a matrícula de jovens aprendizes no período de 3 a 28 de maio, a partir de 28 de maio, na segunda chamada, as vagas passaram a ser disponibilizadas também para a comunidade.


Os três cursos serão ministrados na modalidade Ensino à Distância (EaD). O curso de Técnico de Segurança no Trabalho tem duração de 18 meses; o de Técnico em Logística 12 meses; e o Assistente de Controle de Qualidade 6 meses.

As inscrições devem ser feitas pelo portal do Senai no endereço eletrônico https://portal.fiero.org.br/senai até amanhã, dia 16. No dia 18 já deverá estar disponível uma relação dos inscritos que deverão comparecer à sede do Sesi/Senai com a documentação exigida para proceder a matrícula.

Segundo explicou Viviane, os jovens interessados no curso Assistente de Controle de Qualidade precisam estar cursando o 9º ano do Ensino Fundamental e para os cursos técnicos de Segurança no Trabalho e Logística devem estar cursando ou ter concluído o Ensino Médio (Regular ou EJA).

“Nesse primeiro momento, o intuito é o de buscar as entidades públicas para divulgar, buscar contatos das escolas para chegar a esses jovens. Os cursos que escolhemos são para capacitar jovens em idade escolar visando o mercado de trabalho”, explicou a gerente do Sesi/Senai.

“Estamos disponibilizando nossos labins, que são os laboratórios de informática nas escolas municipais, a estrutura da UAB (Universidade Aberta do Brasil) e tudo que estiver ao nosso alcance para ajudar na qualificação profissional de nossos jovens, já pensando no período pós-pandemia, que será quando o mercado de trabalho vai se abrir para oferecer vagas para mão-de-obra qualificada e assim eles poderão ocupar esses espaços”, garantiu o secretário Jeferson Barbosa.

 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here