A Operação ‘Cidade Limpa’, formada por equipes das secretarias de Meio Ambiente, Regularização Fundiária, Procuradoria Geral do Município, Obras e Administração, intensificou as ações de fiscalização em Ji-Paraná nos últimos 60 dias e já apresenta bons resultados.

Foram notificados até agora, aproximadamente 1.200 proprietários de imóveis flagrados com práticas como água servida jogada nas ruas, fossas abertas e com vazamento, residências e empresas sem lixeiras, casas com entulho nas calçadas, terrenos baldios e falta de construção e conservação e calçadas em ruas pavimentadas.

O balanço é considerado positivo pelo secretário municipal de Administração e coordenador da Operação ‘Cidade Limpa’, Nilton Motta. 70% das 1200 pessoas notificadas resolveram os problemas encontrados pelas equipes de fiscalização, os outros 30% ainda estão dentro do prazo para providenciais.

“As pessoas estão colaborando e mudando o comportamento para que a nossa cidade se mantenha organizada e limpa. Entretanto, temos uma parcela mínima da população que não cumpre com suas obrigações e acaba prejudicando a maioria. Nossa intenção não é multar as pessoas, mas se for preciso, a minoria será multada sim. Afinal, não podemos permitir que a cidade seja prejudicada por conta da falta de colaboração de alguns. Cada um precisa fazer o dever de casa”, explicou o secretário.

A Operação ‘Cidade Limpa’ é permanente e as equipes vão continuar atuando em todos os bairros da cidade. Quem não cumprir com os deveres previstos no código de postura da cidade será notificado e terá um prazo para resolver o problema. Caso não o faça, será notificado pelos fiscais da prefeitura.


 



CURTA/SIGA/ACOMPANHE-NOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here